Fabio Capello, que terminou a carreira de treinador principal em 2018, considera que Ronaldo Nazário, apesar de ter sido "o maior talento" que orientou, foi o jogador que mais problemas lhe causou num balneário.

"O maior talento que treinei foi Ronaldo [Nazário]. Ao mesmo tempo, foi o que mais problemas me criou no balneário. Fazia festas que eram qualquer coisa. Uma vez o Van Nistelrooy disse-me: ‘míster, no balneário cheira a álcool’", contou Capello à Sky Sports, em alusão à época 2006/2007, no Real Madrid.

Fabio Capello conta ainda que "mal Ronaldo foi para o Milan [em janeiro de 2007], o Real Madrid começou logo a ganhar".

"Mas, se falarmos de talento, ele foi sem dúvida o maior", vincou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.