O futebol continua a surpreender-nos pelos motivos mais distintos. Quando não é com golos insólitos, é com resultados… anormais.

Na primeira divisão do campeonato da Serra Leoa, a Federação de futebol local viu-se obrigada a abrir uma investigação depois de dois resultados com números, no mínimo, insólitos: O Gulf FC goleou o Koquima Lebanon por 91-1 (sim, 91 golos) e o Kahula Rangers derrotou o Lumbenbu United por 95-0. São dois dos maiores resultados alguma vez conhecidos na história do futebol.

Em causa pode estar uma eventual manipulação de resultados a envolver jogadores e intervenientes dos dois encontros.

A organização que tutela o futebol deste país pertencente à África Ocidental já emitiu um comunicado onde declara os resultados como "impraticáveis" e prometeu "tolerância zero" contra a manipulação de resultados.

Esta não é a primeira vez em que um jogo de futebol fica marcado por números astronómicos no resultado.

O recorde de golos marcados terá sido estabelecido em 2002, quando o AS Adema goleou o SO l’Emyrne por 149-0 na liga do Madagáscar. Neste caso, os próprios jogadores da equipa derrotada deram uma ajuda ao fazerem vários autogolos, como forma de protesto contra as arbitragens nos seus jogos.

Neste 2022, em França, registou-se um resultado anormal, num jogo da sétima divisão, quando o AC Arles goleou o AC Septemes por 22-1 no penúltimo jogo da Liga regional do Mediterrâneo, resultado que os permitiu saltar para a liderança do seu campeonato, em igualdade pontual com o Martigues mas com vantagem na diferença de golos (+12). Nos anteriores 20 jogos, o AC Arles só tinha marcado 52 golos.

A Federação lançou uma investigação sob suspeitas de manipulação de resultados, os dois emblemas - AC Arles e AC Septemes - foram declarados culpados e despromovidos. Mas os dois clubes recorreram e, no último mês, ganharam o recurso e viram o resultado (22-1) ser admitido. O AC Arles teve de ser declarado campeão da sua série.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.