O Olympiakos oficializou esta terça-feira a contratação de Carlos Carvalhal para o cargo de treinador principal do clube. Carvalhal encontrava-se sem treinar desde que deixou o leme do Celta de Vigo no final da temporada transata.

O técnico português vai substituir Diego Martínez no comando técncio do Olympiacos, tendo assinado um válido por duas temporadas e meia.

O Olympiakos encontra-se atualmente apenas no quarto lugar da Liga grega, com 28 pontos, menos um que o PAOK, menos dois que o AEK e menos três que o Panathinaikos, que lidera a classificação. Na última época, depois de três títulos consecutivos, deixou fugir o ceptro para o AEK de Atenas.

Também esta terça-feira, pouco antes de oficializar a chegada de Carlos Carvalhal, o Olympiacos tinha também anunciado outro português, Pedro Alves, antigo responsável pelo futebol do Estoril, como novo diretor desportivo.

Esta será a segunda passagem de Carvalhal pelo futebol grego, onde em 2008/09 orientou Astera Tripolis. O Olympiacos tem já uma vasta tradição de treinadores portugueses, tendo já sido orientado por Pedro Martins, Marco Silva, Paulo Bento, Leonardo Jardim e Vítor Pereira. Todos eles foram campeões gregos ao serviço do clube de Pireu.

Antigo futebolista, que vestiu durante várias temporadas a camisola do Braga, Carvalhal orientou também o Leixões, o Rio Ave, o Belenenses e o Sporting, entre outros, e no estrangeiro passou ainda pelo Sheffield Wednesday e Swansea, em Inglaterra, pelo Besiktas e o Istambul BB, na Turquia, e pelos Emirados Árabes Unidos, como técnico do Al Wahda.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.