O Zamalek, treinado pelo português Jesualdo Ferreira, qualificou-se hoje para a final da Taça do Egito de futebol, ao vencer o Aswan Sporting Club por 2-1, nas meias-finais, mas esteve a perder e deu a volta ao resultado.

O Aswan inaugurou o marcador aos nove minutos, pelo avançado Mohamed Nagy, mas o Zamalek operou a reviravolta com dois golos no espaço de três minutos, aos 33 e 36, por Mahmoud Ala-a e Ibraim Obama, respetivamente.

A equipa derrotada teve um penálti a seu favor ao minuto 53, mas o médio Mohamed Rizk desperdiçou a oportunidade para empatar a partida.

Jesualdo Ferreira regressou ao comando técnico do Zamalek, função que já tinha desempenhado em 2014 e 2015, altura em que se sagrou campeão egípcio, no início de março deste ano, pegando na equipa, que era orientada pelo francês Patrice Carteron, em terceiro lugar do campeonato.

Volvidos quase três meses, o Zamalek lidera o campeonato com 41 pontos (19 jogos), seguido do Pyramids, com 39 (19), e do Al Ahly, com 37 (16), e está apurado para a final da Taça, onde irá defrontar um dos dois adversários que o seguem na tabela classificativa da Liga, que se vão defrontar nos quartos de final, ou a equipa do Projet, que já ocupou uma das vagas das meias-finais.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.