O jornal Mundo Deportivo avança esta segunda-feira que Zinedine Zidane tem acordo "praticamente fechado" para orientar a seleção francesa.

Didier Deschamps deverá, assim, deixar a equipa francesa após o Mundial2022, onde se estreia nesta terça-feira, frente à Austrália.

Zidane, recorde-se, está sem treinar desde a temporada 2020/21, quando orientava o Real Madrid.

O antigo médio recusou várias ofertas nos últimos meses, inclusive do Paris Saint-Germain, para poder assumir o comando dos gauleses.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.