O estádio Santiago Bernabéu foi hoje palco de uma monumental assobiadela contra o treinador merengue, o português José Mourinho, antes do jogo contra o Málaga, da 36.ª jornada da Liga espanhola de futebol.

A contestação dos adeptos surge depois de Mourinho ter feito declarações públicas, em que explicou a decisão de relegar para o banco de suplentes nomes como Iker Casillas e o internacional português Pepe.

Os adeptos madridistas mostraram desta maneira o desagrado com Mourinho e o apoio aos jogadores “blancos”, tendo nomes como Cristiano Ronaldo e principalmente Iker Casillas sido os mais acarinhados pelos adeptos quando anunciados hoje aos microfones.

O clube tomou a decisão de retirar das bancadas faixas de apoio a Casillas e contra José Mourinho, que ainda teve de ouvir os aplausos a Manuel Pelligrini, antigo treinador do Real Madrid, agora no Málaga.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.