Aragones, 71 anos, e que conduziu a selecção de Espanha ao título europeu de futebol em 2008, anunciou estar de novo disponível para treinar uma equipa, depois de ter sido afastado pelos turcos do Fenerbahce, após um ano a trabalhar no clube.

Confrontado com a probabilidade de substituir Manuel Pellegrini no comando técnico do Real Madrid, actual clube de Cristiano Ronaldo e Pepe, Aragones desmentiu-a, mas esclareceu: "Não posso dizer não", caso essa hipótese venha a ser colocada.

O técnico esclareceu sentir-se bem física e psicologicamente, acrescentando que gostaria de treinar no estrangeiro.

Em Espanha, Aragones dirigiu equipas como o Atlético de Madrid e o Bétis de Sevilha.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.