A crise do Atlético de Madrid em Espanha foi alvo de uma análise aprofundada no jornal madrileno 'Marca' e não é fácil encontrar explicações para a derrocada da equipa na La Liga, meses depois de tão saborosa conquista.

A publicação enumera alguns fatores para o quebrar dessa união e que prejudicou a convivência no plantel: A contratação de Rodrigo De Paul e de Antoine Griezmann. O primeiro jogador, de acordo com a publicação, chegou com o estatuto de estrela, o que não caiu 'bem no goto' do núcleo duro do emblema espanhol. A amizade que mantém com Luis Suárez causou divisões dentro do grupo de trabalho, que também não viu com bons olhos algumas atitudes do internacional uruguaio. Já no caso de Griezmann, teve uma melhor adaptação já que se tratava de um regresso, até porque é amigo íntimo do capitão Koke. Mas Griezmann chegou naturalmente com o estatuto intacto ou até reforçado e foi titular desde o primeiro minuto, subalternizando Correa. Continua a ser um dos mais respeitados do plantel.

Os maus resultados aprofundaram ainda mais as divisões no plantel: Por um lado, os balcânicos com Oblak, Vrsaljko e Savic, por outro o grupo dos jogadores que falam a lígua portuguesa com João Félix, Felipe, Lodi e Matheus Cunha, a que se juntam Carrasco e Lemar.

"Teve um remate forte à entrada da área, ao poste, mas em fora de jogo. Simeone não encontra o melhor sistema para que possa brilhar", escreveu a Marca.

O diário lembra ainda outros jogadores que não estão satisfeitos com a atual situação. É o caso de Héctor Herrera, ex-jogador do FC Porto, que cumpre a última temporada no clube e que já sabe que não irá renovar por vontade de Simeone.

Para já o Atlético de Madrid ocupa o quarto lugar da La Liga, com um ponto de vantagem sobre o Barcelona. A liderança está já a 16 pontos e a revalidação do título é uma miragem. Na Taça do Rei, a equipa de Simeone caiu frente à Real Sociedad, com uma derrota por 2-0 em San Sebastián. Já João Félix continua a ter vida difícil no emblema espanhol. O jogador português foi titular pela segunda vez consecutiva, mas esteve discreto e a exibição mereceu críticas, ao ser apenas protagonista numa lance em que atirou ao poste, mas que foi anulado por fora de jogo. Há uma semana os colchoneros já haviam caído na semi-final da Supertaça de Espanha. Nos oitavos de final da Liga dos Campeões, os colchoneros vão defrontar o Manchester United.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.