O Atlético de Madrid venceu hoje em casa o Alavés 1-0, na 28.ª jornada da Liga espanhola de futebol, com um golo de Luis Suárez e um penálti defendido por Oblak, no regresso aos triunfos do líder da prova.

Sem o português João Félix, que cumpriu castigo, o Atlético de Madrid só na segunda parte conseguiu 'furar' a defesa do Alavés, com um golo de Luis Suárez, aos 54 minutos, numa entrada ‘à matador’ a um cruzamento do inglês Kieren Trippier.

A escassos minutos do final do encontro, o guarda-redes esloveno Jan Oblak vestiu a capa de super-herói e segurou os três pontos, ao defender um penálti marcado por Joselu, a punir uma cotovelada do montenegrino Stefan Savic a Luis Rioja.

O Atlético de Madrid, que esta semana foi afastado nos quartos de final da Liga dos Campeões pelos ingleses do Chelsea, regressou aos triunfos na Liga, após o nulo em Getafe, numa altura crucial, em que a perda de pontos pode ditar a queda na tabela.

A formação orientada pelo argentino Diego Simeone segue na liderança da Liga, com 66 pontos, seis de vantagem sobre o Real Madrid, segundo, à condição, e sobre o FC Barcelona, terceiro, que ainda hoje defronta a Real Sociedad.

O Alavés, que somou o sexto jogo sem vencer (cinco derrotas e um empate), ocupa o 19.º e penúltimo lugar, com 23 pontos, apenas com dois de vantagem sobre o lanterna-vermelha Huesca.

O Valência, com os portugueses Gonçalo Guedes e Thierry Correia a titulares e Ferro no banco, venceu em casa por 2-1 o Granada, que surgiu no relvado do Mestalla com os compatriotas Rui Silva, Domingos Duarte e Domingos Quina no onze.

O dinamarquês Daniel Wass colocou o Valência em vantagem, aos quatro minutos, e Alex Blanco, aos 66, solicitado por Gonçalo Guedes, elevou para 2-0. Já perto do final do encontro, Soldado reduziu para 2-1, aos 90 minutos.

A cumprir um campeonato incaracterístico, que começou com a fuga aos lugares de despromoção, o registo de resultados do Valência tem sido intermitente, com três vitórias alternadas com três derrotas nos últimos seis jogos.

Com a quarta derrota nos últimos seis jogos, o Granada, que vai defrontar os ingleses do Manchester United nos quartos de final da Liga Europa, ficou mais longe de lutar pelos lugares de acesso à UEFA e de repetir o registo da última época.

O Villarreal venceu em casa por 2-1 o Cádiz, com golos de Gerard Moreno, aos cinco minutos, na conversão de um penálti, e do colombiano Carlos Bacca, aos 67. Álex ainda reduziu para 2-1 para o Cádiz, aos 69 minutos.

Com este triunfo, o Villarreal segue no sétimo lugar, com 43 pontos, na luta pelo acesso à Liga Europa, enquanto o Cádiz, que contabiliza apenas um triunfo nos últimos 10 jogos na Liga, ocupa o 15.º posto, com 29 pontos, ainda na ‘sombra’ dos lugares de despromoção.

Getafe e Elche empataram a 1-1 e somaram o terceiro jogo consecutivo sem vencer.

O Elche, que vinha de duas derrotas com o Sevilha (2-0) e Real Madrid (2-1), chegou à vantagem com um golo de Pere Millam aos 20 minutos, mas o turco Enes Ünal empatou para o Getafe, aos 60.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.