O Atlético Madrid deixou fugir perto do fim aquela que seria uma importante vitória frente ao vizinho e rival Real Madrid no dérbi da capital espanhola a contar para a jornada 26 da La Liga. Luis Suárez marcou, a meio da primeira parte, o para o conjunto da casa, mas perto do fim Karim Benzema restabeleceu a igualdade. Quem 'ganhou' foi o Barcelona, que sábado bateu o Osasuna e assim termina a ronda mais perto da liderança, ainda ocupada pelos 'colchoneros'.

Com João Félix a começar no banco, o Atlético foi superior na primeira parte. À imagem do seu treinador, os 'colchoneros' mostraram-se sempre mais fortes nos duelos, ganharam mais bolas divididas e acabaram por chegar ao golo logo aos 15 minutos. Llorente, um dos melhores em campo, assistiu Suárez, que com grande classe rematou para o 1-0.

O Real tentou reagir na segunda parte, mas as melhores ocasiões de golo continuaram a pertencer ao Atlético. Só uma série de grandes defesas de Courtois impediu que a vantagem 'colchonera' aumentasse. Diego Simeone lançou João Félix a meio do segundo tempo e foi já em campo que o português viu Real Madrid começar a reagir, no quarto de hora final.

Oblak, com duas defesas extraordinárias quase de seguida, ainda adiou o golo dos 'merengues', mas aos 87 minutos Benzema fez mesmo o 1-1. Grande jogada de entendimento com Casemiro e o brasileiro a assistir o francês para o golo.

Com este resultado (e ainda com um jogo em atraso) o Atlético mantém a liderança, mas tem agora apenas três pontos de vantagem sobre o Barcelona, depois de somar apenas duas vitórias nas últimas seis jornadas. Quanto ao Real Madrid, mantém-se a cinco pontos do rival citadino.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.