Gareth Bale deverá regressar ao Real Madrid após terminar o empréstimo ao Tottenhm, de forma a cumprir o seu último ano de contrato com os 'merengues', e não tem qualquer intenção de perdoar um cêntimo que seja dos 30 milhões de euros a que tem direito por esse derradeiro ano do seu vínculo com o conjunto espanhol. É pelo menos essa a informação avançada pelo jornal inglês 'Mirror'.

O Real Madrid tem vindo a propor cortes salariais aos seus jogadores, face às dificuldades derivadas da pandemia de COVID-19, mas de acordo com aquela publicação Gareth Bale não estará disposto a aceder, independentemente de reintegrar o plantel do 'merengue' ou de voltar a ser emprestado.

A esperança do Real Madrid, acrescenta o 'Mirror', é que o internacional galês de 31 anos, que soma oito golos e cinco assistências pelo Tottenham de José Mourinho esta época, continue a rubricar as boas exibições que tem vindo a realizar nos útlimos tempos. Tal poderá levar a que o Tottenham - ou algum outro clube avance - para a contratação de Bale a título definitivo, o que, lembra o jornal inglês, constituiria um considerável alívio na folha salarial do clube madrileno, dando-lhe alguma folga para avançar para o sonho de contratar Kylian Mbappé ao Paris Saint-Germain.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.