O Barcelona e o Real Madrid estão à beira de suspender relações institucionais, depois da longa sucessão de polémicas envolvendo os dois clubes na última temporada.

O corte de relações é uma hipótese em cima da mesa, na sequência do discurso do presidente dos catalães, Sandro Rosell.

«Falo em nome de todos os barcelonistas que se sentiram agredidos com as acusações premeditadas [de doping], de quem pretendeu atingir fora do campo o que não conseguiu dentro dele. O Real Madrid ultrapassou todos os limites da rivalidade desportiva e cortaremos as nossas relações se tal se vier repetir no futuro», disse o líder 'blaugrana' no balanço desta época do Barcelona à imprensa desportiva espanhola.

Rosell foi mais longe e visou Mourinho nas suas críticas aos merengues: «Se um alto empregado do nosso clube fizesse o que Mourinho fez, no mínimo seria advertido».

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.