O golo decisivo marcado pelo argentino foi um hino ao futebol, tal a simplicidade e a classe da jogada iniciada em Xavi, cujo passe "rasgou" a defesa do Málaga para a entrada de Daniel Alves, que cedeu a bola para Messi encostar para o fundo das redes, perante o espanto dos defesas contrários.

Os catalães inauguram o marcador somente aos 68 minutos, por Pedro, num remate em que o guarda-redes Munua foi mal batido, mas o Málaga restabeleceria o empate a nove minutos do fim, com um golo de Valdo.

Pressionado pelo Real Madrid, que horas antes goleara em Tenerife por 5-1, com um golo de Cristiano Ronaldo, de grande penalidade, o FC Barcelona sentiu grandes dificuldades para superar a equipa onde alinha o português Duda, que foi titular como médio esquerdo, num esquema táctico assente num 4x2x3x1.

Com esta vitória, o FC Barcelona retoma a liderança que perdeu por algumas horas, mantendo dois pontos de vantagem sobre o Real Madrid.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.