Um golo de Capdevilla (Villarreal), já no minuto 90, foi a confirmação de um título há muito anunciado na Catalunha. Com 35 jogos cumpridos – falta o embate com o Maiorca -, os ‘blaugrana’ somam 86 pontos, assentes em 103 golos marcados e apenas 31 sofridos. Demasiado longe para o Real Madrid, que aos 78 pontos ficou assim matematicamente arredado da discussão do título.

O destino dos merengues parecia traçado desde o início de um encontro em que nunca conseguiu estar em vantagem. Robert Pires marcou aos 17’ para o ‘Submarino Amarelo’, Van der Vaart ainda reduziu aos 46’, Cani voltou a adiantar o Villarreal no marcador, aos 63’, até Higuaín empatar já aos 88’. Todavia, o internacional espanhol Capdevilla sentenciou o jogo já ao cair do pano. 2-3 e a festa saiu às ruas da Catalunha.

O Barcelona conquista assim o 19º campeonato para o seu palmarés, três anos depois da última vitória na Liga espanhola. A superioridade dos catalães apenas esteve em causa no mês de Fevereiro, quando a equipa de Pep Guardiola atravessou uma fase de quatro jogos sem vitórias, permitindo a aproximação do Real Madrid, então na sua melhor fase da época.

No entanto, a discussão do título foi simbolicamente resolvida no dia 2 deste mês com a goleada que o Barcelona impôs aos merengues em pleno Santiago Bernabéu, humilhando a equipa ‘blanca’ por 2-6.

O campeonato junta-se assim à Taça do Rei conquistada também esta semana, diante do At. Bilbau, numa época notável do clube da cidade condal.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.