O FC Barcelona e o Girona, em conjunto com a Liga espanhola, solicitaram à Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF) autorização para disputarem o jogo da segunda volta do campeonato entre ambos em Miami, nos Estados Unidos.

Em comunicado divulgado hoje, o organismo presidido por Javier Tebas especifica que o jogo entre Girona e FC Barcelona, da 21.ª jornada, se realizaria no sábado de 26 de janeiro às 20:45 (hora de Espanha, 19:45 de Lisboa), no estádio Hard Rock de Miami.

Na carta enviada à RFEF, assinada por Javier Tebas, Josep María Bartomeu e Delfí Geli, é referida ainda uma compensação para os adeptos do Girona, impossibilitados de assistirem à receção ao ‘Barça’, com o deslocar do jogo para Miami.

O jornal Mundo Desportivo escreve que um dos aspetos mencionados no documento assinado pelas três partes é a criação de um método de compensação dos adeptos, através de descontos no ingresso anual que muitos sócios adquirem no início da época.

De acordo com as partes, esta iniciativa, de ‘transferir’ um jogo do campeonato espanhol para os Estados Unidos, responde ao objetivo de “fomentar o futebol espanhol e os seus valores, bem como a promoção da marca ‘Espanha’” nos Estados Unidos.

Esta decisão faz parte de um acordo entre a Liga e a Relevant, empresa que organiza a International Champions Cup, e que é válido para os próximos 15 anos.

Esta questão tem vindo a gerar alguma polémica e o presidente da Associação Espanhola de Futebolistas (AFE), David Aganzo, já veio a público discordar do projeto e criticou a falta de informação da La Liga, dando a conhecer o "descontentamento dos jogadores em relação à falta de informação em torno do acordo de ter um jogo disputado na América do Norte".

A AFE, após reunião com todos os capitães das equipas profissionais, revelou que a Liga terá de apresentar uma proposta completa aos atletas, que decidirão se a aprovam e se querem ou não participar na partida.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.