Depois de Neymar se ter despedido dos colegas do Barcelona esta quarta-feira de manhã confirmou-se imediatamente a ida do jogador para o PSG a troco de 222 milhões de euros, uma quantia astronómica que fará dele o jogador mais caro da história do futebol.

O clube catalão também aproveitou para lembrar que a saída do internacional brasileiro fica dependente do pagamento da cláusula de rescisão. Na mesma mensagem, o FC Barcelona deu conta de que “em resposta à cobrança do prémio de renovação”, os 26 milhões de euros continuam retidos num notário até que haja a resolução do caso.

Enquanto Neymar realizada os testes médicos de admissão na cidade do Porto, o Barcelona tratou de apagar a imagem do brasileiro da memória dos adeptos blaugrana, começando por fazer desaparecer as camisolas de Neymar das lojas oficiais, assim como trocar, no exterior do estádio, o brasileiro por Rakitic na promoção do jogo com a Chapecoense.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.