O golo decisivo foi marcado aos 61 minutos, pelo jovem avançado Rodri, após assistência do brasileiro Luiz Henrique, numa partida em que os dois internacionais portugueses do Betis alinharam durante os 90 minutos.

Com esta vitória, o Betis subiu ao terceiro lugar, com 12 pontos, ultrapassando justamente o seu adversário de hoje, o Villarreal, que segue em quarto lugar, com 10, os mesmos dos seus mais diretos perseguidores, o Athletic Bilbau e o Atlético de Madrid.

A liderança foi hoje recuperada pelo Real Madrid, após golear o Maiorca no Santiago Bernabéu, somando 15 pontos, mais dois do que o eterno rival FC Barcelona, que é segundo, com 13.

O Athletic Bilbau goleou hoje o Elche por 4-1, em casa deste, definindo o destino do jogo com três golos quase de ‘rajada’, aos nove, 14 e 22 minutos, o primeiro mercê de um autogolo do lateral esquerdo argentino Nicolas Mercau, o segundo, na execução de um penálti, pelo médio Oihan Sancet, e o terceiro por Nico Williams.

Ainda antes do intervalo, a equipa basca voltou a marcar, aos 44 minutos, pelo avançado Alex Berenguer, que fixou o resultado ao intervalo em 4-0, com o Elche a atenuar o peso da derrota com um golo do avançado argentino Ezequiel Ponce, aos 59.

Pela equipa da casa jogou o internacional sub-21 português Domingos Quina, durante os 90 minutos.

Quem causou meia surpresa foi o Getafe, ao vencer hoje na receção à Real Sociedad, que parece ter acusado o desgaste do jogo em Old Trafford, frente ao Manchester United, a meio da semana para a Liga Europa, por 2-1.

O primeiro golo surgiu em cima do intervalo, aos 45+5 minutos, pelo avançado turco Enes Unal, mas bastaram três minutos da segunda parte para o Getafe aumentar a vantagem para 2-0, pelo médio Carles Alena.

A Real Sociedad reduziu dois minutos volvidos, aos 50, por Brais Mendez, mas não foi capaz de evitar a derrota numa partida em que o internacional português Domingos Duarte jogou os 90 minutos no eixo da defesa do Getafe.

No primeiro jogo de hoje, o Real Madrid esteve a perder em casa com o Maiorca, mas acabou por golear por 4-1, e recuperou a liderança que tinha perdido, provisoriamente, para o rival FC Barcelona, que goleou no sábado o Cádis, por 4-0, alcançando o pleno ao somar 15 pontos em cinco jornadas.

O Maiorca adiantou-se no marcador aos 35 minutos, com o avançado kosovar Vedat Muriqi a cabecear ao segundo poste, batendo o guarda-redes Courtois, mas o Real Madrid empatou antes do intervalo, aos 45+3, pelo médio uruguaio Fede Valverde, com um remate com o pé esquerdo à entrada da área.

A reviravolta consumou-se aos 72 minutos e principiou nos pés do brasileiro Rodrygo, num ‘slalom’ culminado com assistência para Vinicius Júnior, que, na área, tirou um adversário do caminho e atirou para o 2-1.

Rodrygo mostrou novamente arte aos 89 minutos, com uma sucessão de fintas curtas que ‘sentaram’ vários adversários antes do remate vitorioso.

Já aos 90+3, o defesa alemão Antonio Rudiger surgiu ao segundo poste a finalizar um livre na direita, fazendo o 4-1 que é muito penalizador para o que o Maiorca fez, frente a um Real Madrid que não acusou a ausência do lesionado Karim Benzema.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.