As palavras de Butragueno surgiram na sequência das declarações do treinador do Sporting de Gijon, que chamou “canalha” a Mourinho, na sexta-feira.

Depois da vitória de domingo sobre o Gijon (1-0), para a Liga espanhola, nenhum elemento do Real Madrid comentou as palavras agressivas de Manuel Preciado.

Hoje, Emilio Butragueño defendeu Mourinho: “Entre profissionais, existe sempre respeito. E Mourinho respeita os seus homólogos. Não creio que Mourinho seja um mau companheiro”.

De acordo com Butragueño, o treinador português “aspira sempre a vencer” e nunca se “escusa a dizer aquilo que pensa”.

“Nestes meses, demonstrou ser uma grandessíssimo treinador”, disse.

A Agência EFE noticiou esta madrugada que o treinador do Sporting de Gijon confirmou a existência de um incidente com Mourinho, já no parque de estacionamento do estádio Molinón.

De acordo com a EFE, que citou a Cadena Ser, o adjunto de Mourinho, Rui Faria, terá mesmo trocado insultos com o treinador da equipa adversária.

Já Mourinho mostrou dois dedos a Preciado, que podem ser entendidos como sinal de vitória ou então que o Gijon está a caminho de despromoção para a “segunda”.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.