Na conferência de imprensa após o jogo com o Barceloma, que terminou 1-1, Mourinho foi duro nas declarações, além de se recusar a responder a qualquer jornalista que abandonou a sala de imprensa na passada sexta-feira.

«Estou cansado de joga com dez contra o Barcelona. Espero ter um dia a possibilidade de jogar com 11 e o meu rival com dez», disse, acrescentando que Dani Alves «devia ter visto o amarelo» na entrada a Marcelo, que deu a grande penalidade para o Real Madrid e que Ronaldo converteu em golo.

O técnico português diz que o Real Madrid «joga bem com dez porque está preparado» e que ao colocar Adebayor tentou que «se jogasse mais directo».

«Foi um jogo equilibrado, na minha opinião, 11 contra 11. Uma primeira parte com equipas que se respeitam e que sabem que o adversário é forte. Sem grandes ocasiões de golo e depois, como acontece muitas vezes, 11 contra dez é quase missão impossível. Impossivel contra uma equipa que é das melhores do Mundo», frisou.

O próximo encontro é já quarta-feira, na final da Taça do Rei, no segundo de quatro confrontos em menos de um mês.

«Acumula mais tensão que o da Liga ou da Liga dos Campeões. É um jogo único e um vai para casa com a Taça e o outro não», afirmou.

O Real Madrid e o Barcelona empataram este sábado a um golo, em jogo da 32ª jornada da Liga espanhola, no primeiro de quatro confrontos até 3 de Maio.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.