Cinco anos depois de ter deixado o Real Madrid e chegado ao FC Porto, Iker Casillas recordou o momento da saída dos 'merengues' em 2015.

Numa publicação na sua página de Instagram, o ex-guardião admite que foi um erro ter dado a conferência de despedida sozinho na altura da saída de Madrid. O histórico guarda-redes que venceu um mundial e dois europeus pela 'La Roja', revela que a mudança para Portugal era necessária.

"Falei poucas vezes sobre a minha saída do Real Madrid. Dei uma conferência de imprensa sozinho, um erro, e fui-me embora. Passaram cinco anos desde então. Cinco anos que cruzei a fronteira que me levou ao nosso país vizinho: Portugal. Necessitava de voltar a sentir-me outro. Ter um novo ambiente, deixar de estar tão exposto à crítica e querer melhorar. É assim amigos, tudo os jogadores (bons ou maus) querem melhorar", disse.

A necessidade de melhorar física e mentalmente trouxeram Casillas ao FC Porto, onde se voltou a sentir bem. O guarda-redes recordou ainda o último jogo ao serviço dos 'blancos'.

"E para isso há que melhorar o física e o mental. Este último era importante. No Porto voltei a senti-lo. Que não vos digam o contrário. Esta foto é de um Real Madrid vs Getafe, temporada 14/15. Eu já sabia que ia ser o meu último jogo. 'The last match'", escreveu.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.