Jesús García Pitarch, diretor desportivo do Valência, indicou que o brasileiro Jonas foi um dos jogadores cujo talento não foi devidamente aproveitado pelo clube espanhol.

"Há jogadores que passaram por aqui que pareciam piores do que realmente são e que o demonstram noutros clubes, como Piatti, Víctor Ruiz, Jonas, Banega, Rami… Somos o que somos, mas no futuro seria bom que deixássemos de triturar jogadores", disse o dirigente ao jornal AS.

Jonas chegou ao Benfica em 2014, com 30 anos, depois de ter rescindido contrato com o emblema 'che'.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.