Continua a polémica em Espanha em torno do último Classico entre Barcelona e Real Madrid. Os merengues venceram no Camp Nou por 3-1, sendo que ganharam vantagem graças a uma grande penalidade muito polémica, marcada sobre Sergio Ramos que o próprio encarregou de converter.

A decisão do árbitro Martínez Munuera em assinalar penalti, após conversa com o VAR e depois de ver as imagens no monitor, causou espanto entre os catalães, que pediam falta de Sergio Ramos.

Ora segundo o programa 'Què T'hi Jugues' da Rádio Cadena SER Catalunya, o árbitro assistente teria alertado o juiz principal da primeira falta de Sergio Ramos sobre Lenglet.

"A falta é do Ramos, é do Ramos. Agarra primeiro a camisola", terá dito o assistente a Martínez Munuera, quando este estava em conversa com o VAR, antes de ir ver a jogada no monitor.

Após ver as imagens, o árbitro do jogo optou pela segunda falta - agarrão de Lenglet a Ramos - e marcou penalti contra o Barcelona, convertido com sucesso por Sergio Ramos, no 2-1.

Modric fez o terceiro dos campeões espanhóis, nos descontos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.