Di Maria é um dos jogadores que pode agitar o mercado de transferências. O astro argentino poderá deixar o PSG neste verão, com o Barcelona a posicionar-se como principal candidato a garantir os seus serviços.

Esta manhã um grupo de piratas informáticos invadiu as redes sociais oficiais do Barcelona, Facebook e Twitter, e anunciaram a contratação de Di Maria por parte do Barcelona. Verdade ou não, o que é certo é que pouco tempo depois a imprensa inglesa começou a anunciar que havia mesmo negociações entre as duas partes.

Ataque informático ao Barcelona já gerou memes hilariantes
Ataque informático ao Barcelona já gerou memes hilariantes
Ver artigo

Em Inglaterra o ´express.co.uk` e o ´The Sun` dão a transferência como quase concluída. A mesma notícia está a ser avançada pelo diário desportivo catalão ´Sport`. Os catalães pagariam 50 milhões de euros pelo extremo, que assim poderia fazer de Neymar. O ´Sport` diz que o Barcelona já chegou a acordo com o jogador, faltando apenas o PSG aceitar os 50 milhões de euros. Di Maria foi a alternativa encontrada pelos dirigentes blaugrana, depois de não conseguirem chegar a acordo com o Dortmund para a contratação de Dembélé.

Se se confirmar, será o regresso de Di Maria a Espanha. O craque argentino jogou no Real Madrid de onde saiu em 2014/2015 para o Manchester United, a troco de 75 milhões de euros. Em Inglaterra não rendeu com Van Gaal, tendo sido vendido no ano seguinte ao PSG por 63 milhões de euros.

Di María no Barcelona? Ataque informático revela que sim
Di María no Barcelona? Ataque informático revela que sim
Ver artigo

Mas em França dizem que o craque argentino não irá deixar o PSG. O jornal ´Le Parisien` garante que Jose Maria Bartomeu, presidente do Barcelona, sentou-se à mesa para negociar o jogador com Nasser Al-Khelaifi mas o presidente do PSG transmitiu-lhe que a transferência é "impossível".

A relação entre os dois clubes não é a melhor, depois da transferência de Neymar do Barcelona para o PSG. Os catalães não quiseram negociar o brasileiro, tendo o PSG batido a cláusula de rescisão, no valor de 222 milhões de euros. A relação entre ambos já estava em ponto de rutura, por causa de Verrati, médio do PSG. O italiano era um dos alvos do Barça mas o PSG também não quis qualquer negociação pelo jogador.

O ex-jogador do Benfica é dos jogadores que mais movimentou em transferências.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.