Em entrevista ao jornal As, o médio de 32 anos elogiou o internacional argentino, afirmando que será difícil ver alguém tão talentoso nos próximos anos.

"Vimos Ronaldinhos e Ronaldos, gente incrível, com magia, mas Messi vai sendo o melhor há 15 anos. É a sua 17.ª temporada e desde os 18 anos que é o melhor. Vi coisas incríveis. Marcar golos a cada três dias, ir à Argentina, voltar e, com jet-lag, marcar um hat-trick... Isso não é normal, acreditem", disse o antigo internacional espanhol, que falou também do francês Kylian Mbappé, do rival Paris Saint-Germain

"Parece-me uma brutalidade. É claramente o craque do futuro. Penso sempre como médio e imagino que, se o tivesse à minha frente, seria uma alegria assisti-lo, porque é rápido, explosivo, mas também muito inteligente na desmarcação. Tem o 'timing' muito bem estudado. Thierry Henry e Diego Costa também eram dois craques a fazer isto. Em Mbappé nota-se também que tem vontade e que sabe aproveitar a sua potência", concluiu Cesc Fàbregas.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.