O presidente do Real Madrid, Florentino Pérez, afirmou que a saída de Xabi Alonso foi o melhor cenário possível para o clube e para o jogador. Em conferência de imprensa, o dirigente do clube de Madrid revelou que conversou com o jogador e o treinador de equipa antes de acordar a saída do médio espanhol.

“Quando nos pedem para ir não podemos fazer muito. Falámos com ele e sabíamos que o Khedira ficava no plantel para a posição dele. Falámos com o Carlo Ancelotti e o Alonso e cremos que a saída dele foi o melhor. O Xabi está perto do final da sua carreira e este foi o pedido que nos fez”, frisou o dirigente.

Sobre Khedira, Florentino Pérez garante que o médio alemão é uma questão semelhante a Di Maria, mas que quer jogar a bom nível esta temporada para atrair potenciais interessados.

“Quando foi para o Mundial era um caso semelhante ao do Di Maria e ambos não queriam renovar. A diferença é que ele não foi tão incisivo como o Di Maria. Acredito que ele voltou para trabalhar e que quer fazer uma boa temporada para que se interessem por ele” afirmou o presidente dos ‘blancos’.

Questionado sobre a condição física do jogador, que ficou na Alemanha a recuperar de uma lesão, Florentino Pérez aponta que o jogador saiu bem para a seleção germânica.

“O Khedira saiu bem para a Alemanha e agora dizem-nos que tem uma lesão. Parece-me ser uma lesão estranha, Há imagens em que se vê que ele está a sair de campo bem. A Federação Alemã de Futebol pediu para ele ficar até segunda-feira e nós aceitámos”, concluiu.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.