O médio internacional sérvio Ljubomir Fejsa, emprestado pelo Benfica aos espanhóis do Alavés até ao final da temporada, disse esta quinta-feira que saiu da Luz para “poder jogar mais e evoluir”.

“Queria mudar. Queria sair do Benfica para jogar mais, evoluir e ser ainda melhor jogador e esta liga pode fazer com que eu seja ainda melhor”, considerou o jogador, que falava na conferência de imprensa de apresentação, no estádio Mendizorrotza.

Fejsa, de 31 anos, definiu-se como um futebolista que dá “sempre o máximo, 100%, quer nos treinos, quer nos jogos, e, quando assim é, os resultados aparecem”.

Questionado sobre a mudança para uma equipa que não tem a ambição do Benfica, Fejsa disse que queria experimentar muito a liga espanhola e que foi facilmente convencido pelos responsáveis do Alavés, que demonstraram muito interesse na sua contratação.

O secretário técnico do clube, Sergio Fernández, agradeceu a vinda do jogador, a quem desejou as maiores felicidades, e acima de tudo ao Benfica, por ter compreendido as necessidades do Alavés e ter facilitado a concretização da transferência.

Sergio Fernández considerou que, com o internacional sérvio, o Alavés, atual 14.º classificado, pode continuar a evoluir e ser ainda mais forte, num campeonato tão competitivo como a primeira divisão espanhola.

Fejsa deixa o Benfica após seis épocas e meia na Luz, sendo que nesta temporada realizou apenas cinco partidas pelas ‘águias’, a última das quais em 02 de outubro de 2019, na derrota por 3-1 com o Zenit São Petersburgo, para a Liga dos Campeões.

O médio sérvio, que soma 25 internacionalizações pela sua seleção, está ligado ao emblema lisboeta até 2021, depois de em 2017 ter renovado o vínculo com os ‘encarnados’.

Fejsa começou a carreira no Hajduk Kula, passou pelo Partizan e transferiu-se para os gregos do Olympiacos em 2011, antes de rumar ao Benfica em agosto de 2013, por 4,5 milhões de euros.

Nas seis temporadas e meia em que vestiu de águia ao peito, Fejsa participou em 169 partidas e marcou dois golos, tendo conquistado cinco títulos de campeão nacional, duas taças de Portugal, três taças da Liga e três supertaças.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.