O internacional camaronês começou por realçar que nunca imaginou que a sua passagem pela equipa blaugrana acabasse de modo tão deselegante.

“Quando cheguei àquela casa nunca podia ter imaginado que a minha saída iria ser tão dura. Houve muitas injustiças”, reforçou.

Apesar de tudo, Eto’o mostrou-se solidário com os actuais jogadores do Barça ao frisar que no dia em que saiu do Barcelona tomou a decisão de não dizer nada que pudesse afectar o rendimento dos antigos companheiros, «porque quero que ganhem tudo», garantiu.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.