A rivalidade entre Barcelona e Real Madrid é conhecida de todos, mas Gerard Piqué salientou que o ambiente entre os atletas das duas equipas é de amizade, revelando que criou um grupo no Whatsapp (aplicação para troca de mensagens) com os jogadores dos dois clubes que estão na seleção espanhola.

“Se vocês apenas leem o que vem na Imprensa, então pensam que nos odiamos os jogadores do Real Madrid, mas a realidade é diferente. Escrevemos sobre táticas, filosofia de jogo, de livros que estamos a ler…… Acham? Estou a brincar! A única coisa que fazemos e gozar uns com os outros sobre os nossos clubes”, disse Piqué em entrevista ao site “The Players Tribune”.

“Somos como miúdos... Agora temos 15 pontos de vantagem sobre o Real Madrid e mando-lhes umas respostas muito criativas... No ano passado, quando o Real Madrid ganhava tudo, eles sentiam-se muito bem, estavam por cima e não deixavam de nos dizer m...s quando nos víamos nos treinos da seleção. Sempre que ganhavam um jogo, postavam no Instagram fotos no balneário sem camisola, não se lembram disso? Não paravam de sorrir, contraíam os músculos como o Rocky e diziam '#Hala Madrid', mostrando um monte de emojis de troféus”, continuo o internacional espanhol.

No entanto, esta temporada o ambiente é diferente, tudo porque o Barcelona é quem lidera o campeonato: “Esta época o ambiente é diferente. As fotos no Instagram são muito sombrias. 'Três pontos hoje. Temos de continuar a trabalhar duro', dizem. Envio-lhes mensagens de texto. 'Então rapazes, por que estão tão sérios?' E coloco um emoji a chorar e outro risonho.”

“Eu posso gozar com eles porque são meus companheiros na seleção. Podemos odiar-nos nos clubes, mas jogamos pelo mesmo país, temos o mesmo sonho, e é algo que de me orgulho muito”, concluiu Gerard Piqué.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.