O treinador Eusebio Sacristán renunciou hoje ao ano de contrato que ainda tinha com o Girona, informou o clube catalão, que desceu à segunda divisão de futebol espanhola.

“Agradecemos a aplicação e o compromisso do treinador e da sua equipa técnica em todo o momento, embora tenhamos falhado o objetivo da permanência. Desejamos-lhe a maior sorte do mundo”, escreveu o clube.

Sacristán cumpriu apenas o primeiro de dois anos de contrato, no qual levou a equipa, pela primeira vez, aos quartos de final da Taça do Rei, afastando o Atlético de Madrid.

Apesar do desaire desportivo, o Girona foi, juntamente com o Bétis, a única equipa a pontuar tanto em Camp Nou, em casa do campeão FC Barcelona, como no Santiago Bernabéu, do ainda campeão europeu Real Madrid.

Na primeira volta, a equipa chegou a andar perto dos lugares da Liga Europa, mas uma desastrosa segunda volta – uma vitória e nove derrotas nos derradeiros 10 jogos - levou a equipa até ao antepenúltimo lugar.

O Girona esteve mais de meio ano sem vencer em casa e acabou por descer, juntamente com Huesca e Rayo Vallecano.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.