Miguel Ángel Gil Marín, diretor-executivo do Atlético Madrid, admitiu que Antoine Griezmann só deixará os 'colchoneros'  em janeiro por 200 milhões de euros, valor correspondente à cláusula de rescisão do jogador.

Recorde-se que o avançado francês renovou contrato com o emblema espanhol no verão, mas tem sido associado ao interesse de clubes como o Manchester United e o Barcelona.

"Griezmann vai continuar no Atlético na segunda volta. O clube não vai negociar agora e é praticamente impossível que algum clube pague a cláusula de rescisão neste momento. Até 1 de julho a cláusula é de 200 milhões de euros", disse o dirigente em entrevista à Onda Cero.

Miguel Ángel Gil Marín abordou ainda a queixa que o Atlético Madrid apresentou à FIFA por causa de "contactos reiterados" do Barcelona com Griezmann.

"Não faz sentido que, a meio do campeonato, o clube que vá em primeiro tente contratar um dos melhores jogadores do clube que vá em segundo. Eu falei com os dirigentes do Barcelona, com os empresários e com a família de Griezmann. É óbvio que houve contactos. Não procuramos que o Barça seja castigado, só queremos respeito", explicou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.