Hélder Costa, extremo português que atua no Deportivo por empréstimo do Benfica, concedeu uma longa entrevista ao diário La Voz de Galicia. O jogador de 21 anos admitiu que Ivan Cavaleiro foi decisivo para a sua mudança e revelou os seus objetivos para os próximos anos.

"Falava várias vezes com o Ivan e ele dizia-me que estava muito contente na Corunha e esperava que surgisse a oportunidade para eu vir também. Que, se chegasse, que nem pensasse duas vezes. De repente liga-me o meu agente e pergunta-me se queria ir. Disse logo que sim. Além disso, o meu treinador jogou aqui e confirmou-me que era o melhor sítio para progredir", começou por dizer o avançado.

"O Ivan merece tudo", prosseguiu Hélder Costa. "Tem um talento enorme e é muito trabalhador. Oxalá eu possa ter o mesmo rendimento que ele e, além disso, ajudá-lo a alcançar os seus objetivos. Passamos os dias juntos. Vivemos lado a lado e passamos muitas horas a jogar PlayStation. Ali ganho eu... com muita diferença!".

Quanto às próximas metas, o jovem jogador não tem dúvidas: o objetivo é singrar de águia ao peito.

"O Benfica é o meu clube do coração. Passei ali doze anos e aprendi muito. Agora quero dar o máximo aqui, continuar a evoluir e poder integrar-me na primeira equipa do Benfica. É o meu sonho. Mas isto, o Deportivo, também é parte desse sonho", acrescentou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.