O defesa chileno Igor Lichnovsky, que o FC Porto emprestou ao Sporting de Gijon até ao fim da época, apresentou-se motivado a manter o clube espanhol de futebol na Liga principal.

“Venho motivado. O meu objetivo é deixar o Sporting Gijón na primeira divisão. Tenho mais dois anos de contrato com o FC Porto, mas agora o mais importante é que o Gijon continue na primeira”, disse o atleta na cerimónia de apresentação.

Lichnovsky, de 21 anos e internacional em todas as categorias pelo Chile, revelou que os asturianos o seguiam desde o verão e contou que uma conversa com José Ángel, seu colega no FC Porto, foi importante para aceitar o desafio.

“Disse-me que o Gijon é o melhor clube do mundo. Talvez tenha exagerado um pouco, mas convenceu-me a aceitar este desafio”, disse, admitindo continuar no clube após o fim do empréstimo, até porque se sente “encantado” com o início da experiência.

A vontade de jogar leva-o a assumir-se pronto para competir já no próximo fim de semana, com visita ao Valência: “Estou disposto a jogar, se o treinador achar conveniente”.

Igor Lichnovsky chegou ao FC Porto com 17 anos, tendo realizado apenas três desafios pela equipa A, dois na Taça de Portugal e um na Taça da Liga.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.