Os confrontos entre manifestantes e a polícia catalã, por ocasião do jogo entre FC Barcelona e Real Madrid, da liga espanhola de futebol, resultaram em 10 detenções e 64 feridos, informaram hoje as autoridades locais.

A informação foi atualizada esta quinta-feira, com os serviços de emergência médica a indicarem o tratamento a 64 pessoas, sem situações clínicas graves, 39 das quais agentes da polícia.

Um porta-voz policial avançou com números superiores, indicando ferimentos em 56 agentes, dois dos quais com fraturas. O mesmo responsável revelou que foram detidas 10 pessoas, por perturbação da ordem pública e arremesso de objetos às autoridades.

A plataforma ‘Tsunami Democràtic’, que coordena ações de desobediência civil em protesto contra a condenação de políticos independentistas catalães, promoveu um “dia de mobilização” no jogo de futebol entre o FC Barcelona e o Real Madrid (0-0), em atraso da 10.ª jornada do campeonato.

As autoridades mobilizaram mais de 3.000 polícias e agentes de segurança privados para ‘controlar’ o ambiente em torno do jogo de quarta-feira, que tinha sido adiado em outubro, devido à perturbação motivada pela detenção de líderes catalães favoráveis à independência da região.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.