Depois de muita especulação, James Rodríguez deu uma entrevista ao 'Gol Caracol' na qual fala sobre a falta de oportunidades no Real Madrid e a relação com Zidane.

"Dizem-se muitas coisas sobre mim e quase todas são mentira. O que mais me incomoda é que se duvide do meu profissionalismo, isso não aceito. Sou muito profissional, por isso é que cheguei onde cheguei. Deixa-me tranquilo que as pessoas que estão ao meu lado e que trabalharam comigo sabem do que estou a falar. Cuido-me como ninguém. Treino muito no meu dia a dia. Quero sempre melhorar", começou por dizer.

Já sobre o alegado desentendimento com o treinador dos merengues, o colombiano rejeitou qualquer tensão. "Não houve nenhum problema. Cada treinador tem os seus gostos. Temos uma relação normal, de trabalho", referiu. No entanto, acabou por revelar que gostava de saber o motivo para não jogar.

"É uma boa pergunta, também gostava de saber. Como já disse, quando ganhas títulos importantes com jogadores em que confiaste e quando já tens a base, é difícil mudar. Também é complicado quando o teu treinador não te dá minutos permanentemente, fica difícil. É complexo mostrar as tuas capacidades, tendo poucos minutos, não podes fazer tudo o que sabes. Quem está no mundo do futebol sabe disso", acrescentou.

James Rodríguez abordou ainda a possibilidade de deixar a equipa espanhola. "No futuro não se sabe o que vai acontecer, mas se pudesse escolher, escolheria um clube onde pudesse mostrar as minhas capacidades e condições", admitiu.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.