Javier Tebas, presidente da Liga espanhola, esteve nesta quarta-feira no 'Olé Sports Summits', um evento promovido pelo jornal argentino 'Olé', tendo defendido que o campeonato espanhol não acusou as saídas de Cristiano Ronaldo e Lionel Messi.

"Eles foram-se embora e continuamos a estar no máximo nível", afirmou o dirigente, antes de assumir que, ainda assim, entre Messi e Ronaldo, preferia que fosse o argentino, agora jogador do Paris Saint-Germain, a regressar à La Liga.

"Não vejo todos os adeptos a assistir a um PSG-Nantes. Eu não assisto. Com o Barcelona, é tudo ao contrário. Não sei se Messi terá uma última dança no Barcelona, isso vai depender dele. Oxalá volte, até porque também lhe calharia bem voltar ao futebol espanhol", sublinhou, frisando que considera que o astro argentino cometeu um erro ao deixar o Barça.

"Foi a equipa que o viu nascer para o futebol. Penso que foi erro, até para ele próprio, na minha opinião, romper com esse matrimónio. Era uma aliança muito benéfica a longo prazo, tanto para Messi como para o Barcelona", concluiu Tebas.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.