O surto do novo coronavírus está a ser particularmente violento em em Espanha, tendo provado já um número considerável de mortos e multiplicam-se os apelos vindos do mundo do futebol para que o mundo se una nesta luta. Uma dessas vozes é a de Julen Lopetegui, que revelou ter já perdido muitos amigos por culpa da doença.

Em entrevista concedida ao jornal 'Record' e publicada esta quinta-feira por aquele jornal desportivo, o antigo treinador do FC Porto, atualmente ao leme do Sevilha, explicou como tem vivido toda a situação. "Acompanho, como o resto do Mundo, com muita tristeza e preocupação. É um problema muito grave, o mais grave que a humanidade conheceu nas ultimas décadas. E também acompanho com a responsabilidade que todos temos de ter neste processo. Individual e coletivamente", afirmou.

Lopetegui deixou, na mesma entrevista, rasgados elogios aos esforços que têm vindo a ser desenvolvidos por todo o pessoa médico. "Aplaudo e admiro todos os responsáveis médicos, sanitários, farmacêuticos, trabalhadores de supermercados, bombeiros, polícias. Gente que nos permite viver no dia-a-dia", sublinhou.

O técnico revelou que também a nível mais pessoal já foi atingido, com a perda de vários amigos devido à doença.

"É uma doença muito cruel, perdi alguns amigos. Esta semana perdi muita gente que conhecia e a quem queria bem. E pais de amigos meus também. Há muita gente infetada e muita mais vai ser. O que podemos exigir é responsabilidade a todos. Isto passa-se em Itália, em Espanha, em todo o Mundo. Em Portugal também", acrescentou.

Desta forma, Julen Lopetegui apelou na entrevista a que toda a população, um pouco por todo o mundo, se una na luta contra a pandemia COVID-19. "Todos temos de ser responsáveis. E a única maneira de o ser, todos os que têm uma atividade que não obrigue a sair à rua, é estar em casa. Não sair, ser contagiado e contagiar os outros com o vírus. É um problema sem precedentes na história da humanidade. Não é o momento de olhar para trás. Temos de olhar em frente. Estamos em plena batalha. Ninguém estava preparado para isto. É um momento muito duro para todos. Acredito que as autoridades tenham sempre a melhor intenção", concluiu.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.