O juíz do tribunal de Gáva acusou formalmente Lionel Messi e o seu pai, Jorge Messi, de fraude fiscal, depois de aceitar a denúncia ali apresentada pelo Ministério Público espanhol, avança esta quinta-feira a imprensa espanhola.

O jogador do Barcelona foi chamado a depor a 17 de setembro, que coincide com o primeiro dia da fase de grupos da Liga dos Campeões.

O Ministério Público espanhol apresentou uma queixa a 12 de junho por fraude fiscal nas declarações de IRS entre 2007 e 2009, de quantias não declaradas dos direitos de imagem do futebolista.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.