Messi e Henry. Uma admiração recíproca, de dois craques que partilharam o balneário e fizeram muitos jogos juntos. O argentino recordou o primeiro dia do francês no Barcelona em 2006, quando Messi tinha apenas 20 anos. Henry tinha perdido a final da Liga dos Campeões em junho desse ano para os catalães quando era capitão do Arsenal e resolveu mudar-se para a Catalunha por 24 milhões de euros.

"No primeiro dia em que ele [Henry] entrou no balneário, não consegui olhar para a cara dele. Sabia tudo o que tinha feito em Inglaterra, tinha uma imagem dele e de repente estávamos na mesma equipa. Acho que o que sinto por Henri pode ser uma forma de admiração", contou Messi, em declarações reproduzidas pelo jornal francês 'L' Equipe'.

"Adorava a facilidade de Henry em terminar uma jogada, como ele seguia um caminho direto para a baliza e finalizava a jogada. Dá a impressão de que é algo natural. A carreira dele, o drible dele, a finalização dele.... é algo fluído e natural", finalizou o argentino.

Antes, Thierry Henry já tinha mostrado a sua admiração para com o craque argentino do Barcelona.

"Tive a oportunidade de ver Maradona a jogar e Messi é o único parecideo com ele. Messi também faz algo esptacupar, nunca cai. Maradona também era assim", recordou o agora treinador.

No Barcelona, Henry e Messi venceram duas Ligas Espanholas e uma Liga dos Campeões, antes de o francês mudar-se para os EUA em 2010 para jogar no New York Red Bulls. No Barça, Henry marcou 49 golos em 121 jogos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.