O treinador do Maiorca, o dinamarquês Michael Laudrup, informou hoje que vai negociar a sua saída do Maiorca, na sequência do despedimento do seu adjunto, Erik Larsen.

A saída de Larsen surgiu depois de este ter classificado o vice-presidente e máximo acionista, Lorenzo Serra Ferrer, de «má pessoa».

Laudrup disse que a situação criada «não é boa para a equipa» e referiu, em conferência de imprensa após o treino, que irá falar com o diretor-geral, Pedro Terrasa, para que possa rescindir com o clube.

«O Maiorca será o que Serra Ferrer quiser que seja», disse Laudrup.

O clube balear confirmou, entretanto, o despedimento de Larsen por «falta grave».

A equipa, onde alinha o defesa português Nunes, ocupa o 11.º lugar da Liga espanhola de futebol, com seis pontos, menos seis que o líder Betis, após cinco jornadas.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.