Gerard Piqué, campeão espanhol e europeu de futebol pelo Barcelona, aconselhou hoje José Mourinho a «estar calado e tentar ganhar títulos» em vez de produzir declarações bombásticas que podem virar-se contra si.

«No futebol tudo tem retorno», disse, considerando que «é exemplo disso» o que aconteceu com José Mourinho, treinador do Real Madrid: «Falou sobre David Villa e ele marcou dois golos no 5-0, falou do Sporting Gijon (disse que ‘ofereceu’ o jogo em Nou Camp) e logo aconteceu-lhe o mesmo (perdeu a invencibilidade em casa que durava há 181 jogos). É melhor estar calado e tentar ganhar títulos».

O defesa central dos catalães reconhece que a chegada de Mourinho ao Real Madrid até foi um «aliciante suplementar» para o grupo de Guardiola que «voltará a estar preparado para aguentar tudo e muito mais», garantiu o jogador.

«Ser profissional significa algo mais do que render em campo, que dar cem por cento no terreno de jogo. Temos de suportar tudo o que vem de fora se queremos conquistar títulos», argumentou, após uma época em que Mourinho chegou a ser castigado pela UEFA depois de criticar duramente a arbitragem nas meias-finais da Liga dos Campeões frente ao rival catalão.

Ainda assim, Piqué defende que «há uma linha que não deve ser ultrapassada» e que este ano o foi: «Na próxima época gostaria que não se repetissem as acusações falsas com as que, semana após semana, tentaram destruir algo tão bonito como o que tentamos construir nos últimos anos».

O futebolista assume que esta foi a época «mais difícil» desde que brilha no Barcelona e admite que as próximas o vão ser ainda mais, até porque «há desafios para superar», como o quarto campeonato consecutivo e assim igualar o "dream team" (de Johan Cruyff) e a segunda Liga dos Campeões consecutiva, algo que ainda nenhuma equipa conseguiu neste formato competitivo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.