O treinador de futebol do Real Madrid, José Mourinho, destacou hoje a capacidade de resistência da equipa após dois jogos sem vencer e depois de se encontrar a perder por 1-0, com o Rayo Vallecano, logo no primeiro minuto.

«Quando se vem de uma semana com maus resultados, o que a equipa precisa é começar bem e marcar. Mas quando chega o jogo e se começa a perder logo no início tudo se torna mais difícil. Mas é nas dificuldades que se vêm o caráter e os homens. A equipa reagiu e mudamos depois dos 25 minutos. Acabámos por encontrar soluções para jogar melhor», disse.

O Real Madrid acabou por derrotar o Rayo Vallecano em casa por 6-2, com um “hat-trick” do português Cristiano Ronaldo, apesar de ter jogado com 10 durante mais de meia hora, por expulsão do argentino Angél di María.

«Custou-me fazer a substituição entre o Lass Diarrá e o Ozil, mas a equipa precisava de mudar. Lass Diarrá percebeu que em primeiro lugar está a equipa. Kaká e Ozil baixaram no terreno e melhorámos a construção de jogo», sustentou o treinador português, que admitiu voltar a jogar com esta dupla, apesar de ambos “serem números 10 puros”.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.