Lionel Messi pronunciou-se sobre a corrida para o prémio de melhor treinador do ano e destacou o seu técnico, Pep Guardiola.

"Votaria em Guardiola, não só porque ganhámos mas também pela sua filosofia, pelo estilo de jogo e pelo que representou a sua chegada ao comando do Barcelona", afirmou o craque argentino da equipa catalã.

Em declarações ao site da FIFA, Messi não nega também o protagonismo de José Mourinho no ano 2010. "Não me esqueço de José Mourinho, que além do 'triplete' com o Inter já mudou um pouco o Real Madrid", frisa.

Paralelamente, o internacional argentino enfatiza ainda a importância do Mundial 2010 na definição dos prémios individuais deste ano. "O Mundial será decisivo e aí surgem os nomes de Vicente del Bosque ou Joachim Löw... Há grandes nomeados e creio que estes quatro nomes são os que têm mais hipóteses de ganhar." 

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.