Em entrevista ao Canal Plus, o argentino referiu o facto de o clube ter dado maior protagonismo aos seus jogadores, relegando os treinadores para segundo plano. Algo que mudou com a chegada de Mourinho.

«Luxemburgo também chegou a ter muito poder, mas o do Mourinho é muito mais claro e o bom disso é que presidente apoia o treinador», afirmou, passado domingo, Jorge Valdano

O ex-diretor admite que a relação entre ele e Mourinho «não era fácil».

«Mourinho necessita de poder e talvez tenha visto em mim uma interferência, mas não sou mourinhólogo, não sei o que ele pensa», explicou.

Valdano disse ainda que o também português Cristiano Ronaldo «intimida os adversários».

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.