No mesmo dia em que Neymar disse adeus ao plantel do Barcelona, o presidente da Liga espanhola concedeu uma entrevista ao jornal 'As', em que referiu que não vai aceitar o dinheiro pago pelo PSG pela transferência de Neymar, que de acordo com a imprensa espanhola, está fixado nos 222 milhões de euros.

"Não vamos aceitar o dinheiro de um clube como o PSG que, sem pertencer à nossa Liga, quer adquirir um direito da nossa organização e, acima de tudo, quando esse clube está a infringir leis e normas. Seria um contrassenso aceitar esse pagamento. Se o PSG pagar a cláusula não a aceitaremos", disse Javier Tebas.

O presidente da Liga espanhola, recorde-se, já tinha ameaçado recorrer à UEFA, acusando o emblema de Paris de viver num "doping financeiro". Javier Tebas, no entanto, salienta que não é a qualidade do brasileiro que está em causa.

"É um grande jogador, mas acho que o nosso campeonato está acima dele. Com todo o respeito que tenho por ele, preocupava-me mais se fosse o Messi ou o Cristiano Ronaldo", frisou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.