“O mais forte na Europa nesta altura é Lionel Messi, por isso, digo que seria ele. Messi tem qualidades incríveis, é melhor de todos, o número um, isso é inquestionável”, afirma o antigo internacional luso.

Figo guardou ainda elogios para Eto’o, que se transferiu esta época do Barcelona para o Inter.

“Gosto muito de Eto'o. É um avançado experiente que marcou muitos golos. Conheci-o no Real Madrid, onde foi meu companheiro de equipa antes de ir para Maiorca. Já nessa altura se via que era muito bom. Quando estava cá o Ibra, a equipa dependia dele. Agora não é assim, Eto'o não perdoa dentro da área. Com Ibra vivi três anos fantásticos e ele deu muito ao Inter”, concluiu.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.