A transferência de Jackson Martínez para a China para envergar a camisola do Guangzhou Evergrande chocou a Europa do futebol, no entanto, para Enrique Cerezo, presidente do Atlético de Madrid, a mudança ocorreu porque o jogador "não esteve à altura das circunstâncias".

"A verdade é que aqui o pobre Jackson não esteve à altura das circunstâncias”, afirmou o líder dos “colchoneros” em declarações à rádio Cadena Ser. O Guangzhou é um bom clube, vai fazer-lhe bem a mudança porque vai lutar por ser campeão na China".

"Jackson é um grande jogador, mas não teve sorte no Atlético Madrid. A adaptação mostrou-se difícil. Recebemos a oferta, informámos o jogador e ele estudou-a. Era o melhor para todas as partes", acrescentou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.