Um dos pontos importantes da carreira de José Mourinho foi sempre o laço que acabou por criar com os seus jogadores. Basta lembrar a falange de apoio do Chelsea, Wesley Sneijder e Materazzi, do Inter. Em Madrid, apesar das alegadas divergências de balneário, Mourinho caiu 'nas graças' de Mesut Özil, o 'cérebro' alemão que em 2010 levou para o Real.

«Caro José Mourinho, no futebol profissional conhecemos pessoas e separamo-nos delas. Depois, seguimos em frente. Há três anos, trouxeste-me para o Real. Durante este período, ensinaste-me muito, acreditaste em mim e deste-me a confiança de que necessitava. Por isso, gostava de agradecer-te e desejar-te toda a sorte do mundo na tua carreira. Muito obrigado.», escreveu o internacional alemão na sua página oficial do Facebook.

Mourinho foi esta segunda-feira anunciado como treinador do Chelsea para as próximas quatro épocas.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.