“Estamos aqui para nos despedir de um grande jogador, de uma grande pessoa e de um grande amigo, que deu muitos êxitos ao Atlético Madrid”, disse um emocionado Enrique Cerezo.

Na conferência de imprensa que assinalou a despedida de Simão, que a partir de janeiro vai vestir a camisola dos turcos do Besiktas, o presidente do Atlético Madrid destacou ainda a “qualidade humana” do extremo luso de 31 anos.

“Foi um magnífico profissional e tem qualidades humanas como poucos. É um exemplo de profissionalismo e compromisso e os jogadores mais jovens devem olhar para ele como alguém que devem ser quando forem mais velhos. Em pouco tempo tornou-se numa grande referência no balneário da equipa”, referiu.

Na quarta-feira, Simão Sabrosa cumpriu o último jogo pelos “colchoneros” e marcou o golo do triunfo por 1-0 sobre o Espanyol, na primeira mão dos oitavos de final da Taça do Rei.

No Besiktas, o antigo internacional português vai encontrar os compatriotas Ricardo Quaresma e Manuel Fernandes.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.