O futebolista internacional espanhol Carles Puyol, que vai falhar o Euro2012 em consequência de uma intervenção cirúrgica ao joelho direito, afirmou hoje que deseja terminar a carreira «dentro do campo e não na mesa de operações».

«Não sei se este seria o meu último Campeonato da Europa, mas uma coisa é certa: quero retirar-me dentro do campo e não na mesa de operações», advertiu o defesa do FC Barcelona em conferência de imprensa, adiantando que nunca pensou em abandonar a seleção espanhola.

O Barcelona anunciou na terça-feira que Puyol será operado ao joelho direito no próximo sábado, que o vai afastar da competição por um período de aproximadamente seis semanas, ficando impedido de disputar o Euro2012 e a final da Taça do Rei, marcada para 25 de maio.

De acordo com a nota publicada no site do Barcelona, a lesão de Puyol foi detetada após a realização de exames complementares de diagnóstico, na sequência das queixas apresentadas pelo jogador no sábado, no fim do jogo com o Espanyol, para o campeonato espanhol.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.