Diego Forlán já deixou o Atlético de Madrid para rumar ao Inter de Milão, mas o uruguaio não esquece - pelas piores razões - o técnico Quique Flores.

O avançado, de 33 anos, e o ex-treinador do Benfica tiveram uma relação conturbada na última época, depois do sucesso alcançado pelos colchoneros em 2010.

«Quique teve problemas em todas as equipas por que passou. Ele tinha alguma coisa contra mim e fez questão de o demonstrar. Em tantos anos de carreira nunca tinha tido problemas com nenhum treinador», referiu o internacional uruguaio à rádio Onda Cero.

Contudo, Forlán não hesitou em reconhecer que também adotou «algumas atitudes erradas», mas reitera: «Não tinha nada contra o treinador».

O novo avançado dos nerazzurri mostrou-se ainda aliviado pela resolução rápida da sua transferência para Itália: «Fui de férias e quando cheguei havia jogadores na minha posição. Não guardo rancor de ninguém, já que no fim correu tudo bem». 

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.